água doce represa SP travessia

Na Beira do Precipício


Travessia de Stand Up Paddle no Reservatório Rio das Pedras
Natureza super preservada no Reservatório Rio das Pedras, em São Bernardo do Campo, SP

Essa foi minha segunda remada nesse braço da Represa Billings. A primeira (que pode ser lida aqui) foi super especial. Era um dia de névoa fechada, com visibilidade de apenas dois metros. Me perdi muitas vezes, mas acabei me virando com o GPS do celular. E, por causa da localização do reservatório, dias com neblina são mais comuns do que os dias sem. Principalmente à tarde.

Última ponte da estrada, antes de chegar na guarita do Parque Estadual Caminhos do Mar
Precipício

O Reservatório Rio das Pedras fica próximo à entrada da Estrada Velha de Santos, o Parque Estadual Caminho do Mar. A água represada fica a menos de dez metros do precipício que leva às cidades de Cubatão e Santos. É bem na crista da Serra do Mar e por isso as nuvens se acumulam ali.

Remando e observado a natureza
Bikes na Estrada

Dessa vez, fiquei de olho na previsão do tempo e escolhi um dia seco para remar. Realmente não tinha nuvens, mas dava para ver bem a faixa de poluição que cobre a cidade de São Paulo. Cheguei cedo num sábado. A estradinha que leva até a portaria do Parque Estadual estava repleta de ciclistas. Mal dava para passar de carro. Fui no ritmo deles até chegar na segunda ponte da estrada, onde ficam uns pescadores, mesmo lugar de onde saí, quando remei na outra vez.

Bikers treinando na estrada velha de Santos
Entrando na Água

Enchi minha prancha inflável, atravessei a estrada, cuidando para não ser atropelado pelos bikers. Pulei uma pequena mureta, desci até a margem e coloquei a prancha na água, enquanto percebia os olhares dos pescadores me fuzilando. Um deles até comentou para o amigo: agora que não vamos pegar peixe nenhum mesmo. Fiz questão de mostrar que tinha ouvido e falei que já estava de saída e que não ia mais incomodar. O pescador ficou super constrangido e disse que não era isso que queria dizer.

Costa toda recortada do reservatório: penínsulas, enseadas e ilhas
Margem Sinuosa

O dia estava perfeito. Sol, sem nenhuma nuvem. Na ida, o vento estava forte e à favor. Na volta, ele diminui um pouco de intensidade e ficou mais lateral. Fui passando pela costa super recortada da represa. São muitas enseadas, penínsulas e pequenas ilhas, que transformam o lugar num labirinto gigante. Mesmo sem névoa, com visibilidade total, é difícil se orientar sozinho. Estava sempre consultando o GPS do celular.

Remando perto da barragem do reservatório
Barragem

Segui em direção a barragem do reservatório. Ali é o ponto mais próximo do litoral, com apenas a fina barreira de concreto entre a massa de água e o precipício da serra. Quando fui, a tragédia com a Barragem de Brumadinho, da Vale do Rio Doce, tinha acabado de acontecer. E confesso que fiquei com o coração acelerado, com um certo medo de que essa também se rompesse. Depois que cheguei em casa até pesquisei à respeito e percebi que eu não era o único preocupado com isso. Os prefeitos de São Bernardo do Campo e de Cubatão tinham se encontrado na barragem apenas duas semanas antes da minha visita. Afinal, um acidente ali acabaria com a cidade e as fábricas de Cubatão. No encontro, garantiram que a barragem é segura, que não há risco de se romper. Ufa!

Reservatório Rio das Pedras com a baixada santista no fundo da imagem
Bela Vista

Apesar da proximidade, de dentro da água não dá para ver o mar, mas com o drone consegui ter a perspectiva correta. Que visual! Que lugar impressionante! Além do litoral logo ali embaixo, a vista para o interior também surpreende. É uma área de preservação enorme. A natureza é abundante. Nem dá para ver o fim da floresta. Só os cabos de energia e a linha de poluição denunciam a presença humana nas proximidades.

Tentando achar o caminho de volta para o carro
Sortudo

Dei mais uma circulada pela represa até que resolvi voltar. Nesse tempo todo de remada não cruzei com nenhuma embarcação. Nenhum jet ski, lancha, canoa ou prancha. Não vi nem uma pessoa sequer. Como pode um lugar tão bonito, tão preservado, tão perto de São Paulo e tão vazio? Isso é um privilégio. Voltei pra casa feliz da vida pensando na sorte que eu tenho de conhecer lugares como esse e como o SUP me ajuda nessa empreitada.

Mapa da travessia de SUP no Reservatório Rio das Pedras, braço da Represa Billings
DADOS DA TRAVESSIA DE SUP EM SÃO BERNARDO DO CAMPO

Distância = 10 km

Duração = 1 hora e 50 minutos de remada

Cidade = São Bernardo do Campo, SP


ALUGUEL DE PRANCHA DE STAND UP NA REPRESA BILLINGS

O Reservatório Rio das Pedras faz parte de um Parque Estadual, onde não é permitido construir casas e, muito menos, comércio. Mas logo ali ao lado, na mesma estrada, só que um pouco mais perto de São Paulo, tem a SUPORTE, um espaço de lazer com estrutura voltada aos esportes aquáticos, principalmente ao SUP. Eles alugam pranchas, dão aulas e dicas de remada. Vale a visita!


Texto e fotos: Daniel Aratangy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *