Loading...
dicas

Prancha Inflável X Prancha Rígida

Dicas para escolher sua prancha de Stand Up Paddle

11-sup-vitoriaaa
Pranchas de Stand Up (rígida e inflável) na Ilha Vitória

 

Na hora de comprar uma prancha de Stand Up Paddle, escolhemos entre os diferentes tipos (race, touring, fun e surf) e se ela vai ser rígida ou inflável. Tudo que li a respeito não foi esclarecedor, por isso resolvi compartilhar minhas impressões. Aproveitei para fazer uma tabela de prós e contras e explico tudo a seguir.
 
PRÓS
CONTRAS
SUP INFLÁVEL
mais resistente
esforço para inflar
fácil de transportar
surfa pior
boa para corredeiras de rios
design
PRÓS
CONTRAS
não precisa inflar
frágil
SUP RÍGIDA
melhor para surfar
difícil de transportar
design
não pode ser usada em corredeiras de rios
 

sup praia do patacho
Prancha de SUP inflável na Praia do Patacho

Uso muito minhas pranchas e faço grandes travessias, como pode ser visto aqui no site, mas não sou um profissional. Tenho uma prancha Touring rígida de tamanho 12’6”, uma prancha Race inflável também de 12’6” e a minha primeira prancha que era uma inflável de 9’10”. Surpreendentemente não vejo muita diferença no rendimento das minhas duas atuais. Ou seja, faço o mesmo esforço e levo o mesmo tempo para percorrer 10 km com qualquer uma delas.
 
02-pranchas-de-stand-up-paddle
Minhas pranchas de Stand Up Paddle: a Tower 9’10“, a Brazzos 12’6“e a Art in Surf 12’6″

 

A inflável, obviamente, tem que ser inflada. Isso é chato, porque leva algum tempo (uns 10 minutos) e demanda um certo esforço. Aí penso “será que vale a pena inflar, só pra uma remadinha curta”. Acabo usando apenas quando sei que vou fazer um percurso mais longo ou quando vou usar por alguns dias seguidos. Com a rígida parece que estou sempre pronto e posso entrar na água a hora que quiser. Não bate preguiça.

 
 
08-stand-up-paddle-na-lagoa-azul
SUP inflável na Lagoa Azul da Ilha Grande – RJ

 

Por outro lado, a prancha de SUP inflável é bem mais resistente. As pessoas têm a impressão oposta, mas é isso mesmo. Com ela posso bater nas pedras, ralar em galhos, deixar cair, tudo sem deixar nem um arranhão. A minha prancha de Stand Up rígida já foi algumas vezes para o conserto. Qualquer toquezinho pode abrir um buraco. E isso não é pela qualidade da prancha. Aliás, quanto melhor a prancha, mais frágil ela vai ser, porque é feita para ser leve. É claro que existem as pranchas de SUP de plástico, mas essas são muito pesadas e não rendem nada. Não recomendo para ninguém.

 
img_2012a
Prancha rígida, na Represa de Paraibuna

 

Além disso tem a questão do espaço que a prancha ocupa. Quando a inflável está vazia, pode ser guardada dentro de um armário. E, se for viajar, ela cabe numa mochila grande que pode ser despachada sem dor de cabeça no avião.

 
sup paraty
SUP rígido na Praia de Antiguinhos, no município de Paraty – RJ

 

Eu não surfo, mas sei que as pranchas rígidas são bem melhores que as infláveis para quem gosta de pegar onda. Já pra quem gosta de remar nas corredeiras de rios, nem pode pensar em usar a rígida. Na primeira pedra ela vai se partir ao meio.
Outra coisa a se levar em conta é o design. Quando a gente vai para a loja, além de querer a melhor prancha, procuramos também a mais bonita. Afinal, é um grande investimento. E nesse sentido, costumo achar as pranchas rígidas mais interessantes.
 
sup-paraibuna-represa
Prancha Art in Surf na Represa de Paraibuna
 
O avanço por remada das duas é igual, então nem coloquei na tabela. E o preço varia muito. De modo geral, quanto mais cara a prancha de SUP, melhor ela vai ser. Mas uma prancha top inflável é muito mais barata que uma prancha top rígida. Assim, analisando os dados e levando em consideração a maneira como cada um vai praticar o Stand Up é fácil chegar a uma conclusão. No meu caso específico que praticamente não surfo, faço longos passeios, e viajo bastante, a prancha de Stand Up Paddle inflável é a mais recomendada. E para você?
 
Texto e fotos: Daniel Pluk

11 Responses

  1. Grato

    tirou minhas dúvidas de forma clara

  2. Legal o post. Uso prancha rígida pra surfar e remar e to pensando em comprar uma inflável pra poder viajar e transportar com facilidade. Qual marca de prancha inflável boa você recomenda?

    1. Opa, obrigado!
      Cara não conheço muitas marcas, mas posso te dizer que uso a Brazzos. Ela funciona bem, apesar de ter vindo com a proa torta.

  3. Boa tarde,

    Estou estudando a compra do meu primeiro SUP e tudo indica que será inflável devido a facilidade de transporte e armazenamento porém ouvi relatos de que muitas apresentam problemas de estouro, descolamento, vazamentos e bolhas, isso é verdade? É comum este tipo de problema?

    1. Oi, Leandro. Boa tarde!
      Isso acontece mesmo. Nunca ouvi um caso disso acontecer na água, o que poderia ser muito perigoso. E os relatos que tive são sempre de pranchas já bastante usadas, nenhuma nova. Não é uma coisa tão comum, mas é bom saber que é possível, sim.
      Espero ter conseguido ajudar.
      Qualquer coisa, me fala.

      Abraço, Daniel

  4. Espero que não seja tarde demais, mas a minha prancha, marca ISLE estourou na água, ela estava com cerca de 18 meses da data da compra.
    Com relação a durabilidade, tenho outra da supflex, que custou metade do preço, tem 24 meses e não apresentou problema.
    Não é uma ciência exata na minha opinião, mas uma coisa é certa, a prancha inflável vai apresentar problema na cola uma hora ou outra. Vai depender do uso, do armazenamento e inclusive no tempo que essa prancha pode ter ficado parada em um depósito antes de ser comprada por exemplo.
    No Brasil é difícil comprar uma marca muito superior as demais, comprei a ISLE achando que seria muito melhor e dei de cara na parede. A Isle era maior, mais espessa, então dava uma flutuabilidade e estabilidade incríveis. A sup flex, por ser menor e menos espessa era menos estável, mas é mais fácil de encher.

    A comodidade de poder levar para outros lugares é tentadora. Já levei em diversas viagens e inclusive para fora do Brasil. Mas vou te dizer, dá trabalho encher, limpar, guardar.

    Se eu tivesse espaço em casa e saco para ter um carro grande, agora eu diria que compraria uma inflável.

    1. Oi, ângelo.
      Cara, já ouvi alguns relatos de pranchas infláveis que estouraram. A minha Brazzos ainda não estourou, mas veio com um pequeno defeito, meio torta. E agora, após muitos anos uso, começou a vazar.
      Peguei uma outra ontem, da marca Itiwit que parece muito boa. Depois te conto o que achei.

      Valeu pela mensagem!

      Boas remadas!

  5. Se ainda assim, estiver interessado na inflável, uma marca top mesmo é a C4 waterman, o difícil é comprar aqui no Brasil.

  6. Boa noite. Uso uma Itiwit 10’ 7” inflável. Comprei pela necessidade de guardar em pequenos espaços (ando muito tempo com ela no porta malas do carro). Acho muito boa em relação a custo-benefício e parece ser muito resistente (comprei há pouco mais de 2 meses). Comprei uma bomba elétrica (vale cada centavo). Essa marca é de venda exclusiva da Decathlon. Outra marca de primeira é a Red Paddle, inglesa, mas muito mais cara que a Itiwit. As opiniões de quem tem sempre comparam as duas, equiparando em qualidade. Espero ter ajudado.

  7. Vou deixar meu comentário aqui pra quem for comprar prancha inflável. O problema do descolamento é devido ao calor quanto mais quente for o lugar onde vc for remar mais chance de descolar independente da marca ou idade da prancha, falo isso por experiência própria, eu comprei uma fanatic pq falaram que era top e na terceira vez que fui usar ela estou comigo remando no meio do rio, eu estava de colete por segurança, aí pensei deve ter vindo com defeito, pesquisei outra, comprei uma super top 12,6 race STARBOARD os inventores da prancha inflável. Na quarta vez que fui usar logo após inflar não deu tempo nem pegar ela pra colocar na água ela estourou, detalhe, ela estava na sombra e só a ponta onde estou estava no sol, abriu um buraco de 5cm, aí passou um tempo eu colei e enchi e deixe durante uma semana dentro de casa com 10lbs e nada de casamento, depois sequei e inflei novamente com 5lbs coloquei no sol 8:59hs da manhã pra fazer um teste se a prancha aguentaria e marquei o tempo, 9:04 ela estourou abriu um buraco de 25cm. Conclusão se vc mora na região nordeste do Brasil, principalmente no Piauí, corra de prancha inflável. Se tiver alguém que queira comentar ou analisar o ocorrido fico grato.

    1. William, que loucura!
      Já ouvi das pranchas estourarem , mas não assim tão rápido e com tanta freqüência. Agora estou com uma Itiwit 12″6′ que realmente parece muito boa. Espero que nunca estoure, haha. E valeu pelo relato! É sempre bom saber o que os outros estão passando.
      Abraço e boas remadas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *