Loading...
raios no mar
dicas

O Que Fazer Numa Tempestade de Raios

Em entrevista exclusiva, especialista fala aos praticantes de Stand Up sobre os perigos dos raios e como se proteger deles
 
raios no mar
Tempestade de raios no mar

 

Depois de me assustar remando durante uma tempestade de raios em Caraguatatuba (numa travessia publicada aqui) fiquei pensando sobre o risco de ser atingido por uma descarga elétrica. Para um leigo como eu, parece que estar em pé, no mar, transforma os praticantes de SUP em verdadeiros pára-raios, atraindo qualquer descarga para si.
 
Para tirar as dúvidas, conversei com Osmar Pinto Junior, coordenador do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ele me contou que o nosso esporte é mesmo perigoso, mas menos arriscado do que nadar no mar durante a tempestade.
 
A seguir a entrevista:
 
Caminhos Do SUP: As chances de ser atingido por um raio são maiores no mar ou em terra?
Osmar Pinto Junior: Depende. O mar tem menos raios, mas seus efeitos se propagam mais longe.
CDS: Durante uma tempestade de raios, é pior estar nadando próximo à praia, dentro de um barco, ou remando em pé?
OPJ: É pior estar nadando, isto é, em contato com a água.
CDS: Faz alguma diferença o material do remo (carbono, alumínio, madeira)? E da prancha (resina epoxy, polyestireno, poliuretano, fibra de vidro, fibra de carbono, isopor)?
OPJ: Sim, quanto mais isolantes eletricamente [materiais cujas cargas elétricas se movem mais devagar], melhor.
CDS: Faz diferença remar próximo à costa ou em alto mar?
OPJ: Na costa é pior, pois tem mais raios.
CDS: O que deve ser feito para se proteger dos raios no SUP? É melhor deitar na prancha e esperar a tempestade passar? Ou remar o mais rápido que puder até uma praia próxima?
OPJ: Remar o mais rápido possível para a praia.
CDS: Existe alguma maneira de prever uma tempestade de raios só de olhar para o céu?
OPJ: Não, mas se ouvir um trovão, que é o barulho associado aos raios, vá para a praia de imediato.
 
Texto: Daniel Pluk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *