Loading...
água doce represa SP travessia

Represa da Usina

Pescadores no Parque Municipal de Lazer Alberto Gacazzi, em Atibaia

 

Procurando um lugar perto de São Paulo para remar? A Represa da Usina é uma ótima opção.  Localizada na cidade de Atibaia, é possível chegar lá em apenas 40 minutos. Passei o final de semana numa pousada bem gostosa (Paiol), mas poderia facilmente ter feito um bate-volta.
Represa da Usina, em Atibaia
Aproveitei a estadia para visitar a Pedra Grande (uma rocha imensa com vista para várias cidades da região, onde há saltos de asa-delta e dá para chegar de carro) e conhecer, na cidade, o restaurante português Oh, Pá! (muito bom).
Pedra Grande de Atibaia
A represa fica um pouco afastada da cidade, pegando a Rod. Dom Pedro, e é cercada principalmente por casas de veraneio e áreas de reflorestamento. Foi criada em 1928 para gerar energia elétrica. Em 1970 a usina foi abandonada e alguns anos depois o governo do estado transformou a região em Área de Proteção Ambiental (APA), plantando árvores, refazendo a mata ciliar.
Mata ciliar se recuperando na Represa da Usina, em Atibaia

 

Observando a flora sobre a prancha de Stand Up

 

Para encontrar um ponto de entrada na represa, dei algumas voltas de carro. Por fim, um senhor de chapéu de palha e enxada na mão me contou do parque feito pela prefeitura. É o Centro Municipal de Lazer Alberto Gavazzi, logo no início da Estrada Hisaychi Takebayashi. Lá há um estacionamento, quadras, churrasqueiras e acesso a água. Muitos moradores da região passam o final de semana pescando na margem.
Remando perigosamente do lado da queda d’água

 

Uma das casas às margens da Represa da Usina
Saí atrapalhando a pesca de uma família, esbarrando nas linhas das varas. Mas ninguém esquentou a cabeça. Pessoal muito simpático. Passei pela usina, remando do lado da queda d’água.  Fui margeando o lado menos povoado, passando por casas grandes com cães de guarda bem bravos. Vi muitos pássaros de todos os tamanhos e cores.

 

No caminho cruzei com alguns motonautas (praticantes de jet-ski) que faziam muito barulho e pareciam querer chamar a atenção. Sem nenhum respeito, passavam rápido perto de mim, fazendo ondas que desestabilizavam a prancha. Fiquei na dúvida se o comportamento era mesmo falta de educação ou apenas ignorância.
Jet-ski na Represa da Usina, em Atibaia

 

De qualquer forma, subi até o Rio Atibaia, que alimenta a represa, e entrei um pouco por ele. O visual ficou mais interessante, com as margens estreitas. Dei meia volta, seguindo pelo meio da represa até o parque e a família de pescadores. Eles me ajudaram a desembarcar. Perguntei se tinham pescado muitos peixes. Responderam com um ótimo: “Pescamos nada, só sossego”.
Rio Atibaia

 

Distância = 7 km
Duração = 1 h e 20 min
Vento = médio contra na ida e fraco a favor na volta
Cidade = Atibaia
Percurso de Stand Up Paddle na Represa da Usina, em Atibaia
Texto e fotos: Daniel Pluk

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *