Loading...
mar SP travessia ubatuba

SUP da Mariscada

Preparando Mariscos na Travessia pro Saco da Mãe Maria

Praia do Saco da Mãe Maria, em Ubatuba

Depois de meses sem remar, consegui uns dias livres na semana e resolvi descer pra Ubatuba. Dei um toque no meu amigo Rodrigo, campeão de sup race que mora lá na Praia do Perequê-Açú. Ele sugeriu um trajeto pela vizinhança, passando por três praias que eu ainda não conhecia e fechamos nesse.

Começo da remada entre as praias do Perequê-Açú e da Barra Seca
Saída

Ele chamou mais dois amigos, também moradores de Ubatuba. Saímos do Rio Indaiá com o dia ainda nublado. O rio é a divisa entre as Praias do Perequê-Açú e da Barra Seca. Ali as ondas estavam bem fracas e não tivemos problemas pra passar a rebentação.

Remando no rio Indaiá, em Ubatuba
Pegamos um Peixe

Rodrigo tinha uma linha com isca amarrada à prancha e, antes de passar a ponta da baía, conseguiu fisgar um peixe. Todos ficaram muito empolgados. Em seguida viramos a ponta e já avistamos o Saco da Mãe Maria. A maré tava bem baixa, deixando a praia maior do que costuma ser. Nos aproximamos pelo canto esquerdo, onde as ondas tavam um pouco menores.

Pegamos um peixe com a linha que o Rodrigo tinha amarrado na prancha
Mariscos

Chegando lá, eles ficaram impressionados com a quantidade e o tamanho dos mariscos que estavam presos nas pedras, expostos por causa da maré baixa. Logo arrumaram umas toras pra bater nos mariscos e soltá-los, aos montes. O próximo passo foi fazer a fogueira. Fomos pro mato e só achamos madeira molhada, mas deixamos elas no sol, secando. Achamos umas tampinhas de garrafa PET que serviram como acendedor e botamos fogo.

Todo mundo ajudando a fazer a fogueira na Praia do Saco da Mãe Maria

 

Nosso almoço antes de fechar tudo com a folha de bananeira
Preparo

Contra todas as probabilidades, a fogueira pegou, rs. Colocamos uma folha de bananeira sobre ela, lavamos os mariscos no mar e jogamos sobre a folha. Fizemos o mesmo com o peixe. O Rodrigo abriu e limpou ele, usando a concha de um marisco como faca. Fechamos tudo com outra folha de bananeira. Saia bastante fumaça, o que fez com que os mariscos e o peixe fossem defumados.

Praia do Saco da Mãe Maria na maré baixa
Delícia!

Quando finalmente comemos, foi como se nunca tivesse comido mariscos antes. Eles tavam uma delícia! Os melhores que já provei, com certeza. Só a água do mar já tinha sido suficiente para salgá-los na medida exata. O gosto defumado fechava o sabor perfeito. E tínhamos tantos que nem aguentamos comer todos.

Praia da Barra Seca, com a Praia Vermelha do Norte e a Praia do Alto no fundo da imagem

Satisfeitos, subimos nas pranchas e começamos a voltar. O vento deu uma apertada, mas nada que atrapalhasse muito. Demos ainda uma parada na Praia da Barra Seca, antes de terminar o passeio no Perequê-Açú.

Mapa da travessia de SUP em Ubatuba – SP

 

DADOS DA TRAVESSIA DE SUP EM UBATUBA

Distância = 6 km

Duração = 1 hora de remada

Condições = vento e ondas fracas vindos de leste

Cidade = Ubatuba, SP

 

Texto e fotos: Daniel Aratangy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *