Loading...
ilha mar SP travessia

SUP na Ilhabela

Remando da Praia do Siriúba até a Praia da Vila

Capela de 1931, na Praia do Siriúba, na Ilhabela, SP

Fui pra Ilhabela pra participar da competição Aloha Spirit Festival e aproveitei o dia seguinte para fazer uma pequena travessia. Tava um pouco chateado porque tinha perdido o celular na prova. Até por isso não consegui marcar com precisão a distância nem o tempo de remada.

A Praia do Siriúba vista das pedras
Praia do Siriúba

Os amigos que tinham me abrigado na ilha me levaram até a Praia do Siriúba. Lá tem um bar pé na areia e ficamos curtindo a preguiça. Dei uma volta até as pedras, onde achei uma capela de 1931. De lá dava pra ver outras praias. De um lado a Praia do Sino e do outro a Praia do Viana.

Remando de SUP na Ilhabela
Remando na Ilhabela

O sol tava quase se pondo. O visual tava incrível. Não resisti e corri para o carro para pegar a prancha. Falei pros amigos que ia dar uma remada e os encontraria na Praia da Vila.

Pôr do sol nas montanhas de São Sebastião, SP
Cinco Praias

Passei pela Praia do Viana (bem pequena, com outro bar pé na areia), a Praia de Barreiros (um pouco maior, com uma plantação de coqueiros entre a faixa de areia e a estrada da ilha), Praia Karina, Praia do Indaiá e, finalmente, a Praia da Vila.

Capela da Praia do Siriuba
Balneário no Pôr do Sol

O sol se pôs do meu lado direito, nas montanhas de São Sebastião, iluminando as praias do lado esquerdo. Todas já bem ocupadas, com bares, pousadas, casas e estacionamentos. As praias mais selvagens da Ilhabela ficam no lado leste, o lado virado para o mar aberto. Já o lado de dentro tem a beleza de um balneário e seus barcos coloridos. Também interessantes.

Canoas caiçara na Praia da Vila, da Ilhabela, SP
DADOS DA TRAVESSIA DE SUP NA ILHABELA

Distância = 2,7 km

Duração = tava sem celular 🙁 mas foi algo em torno do 30 minutos

Condições = vento e ondas fracas vindos de norte

Cidade = Ilhabela, SP

ONDE ALUGAR PRANCHA DE SUP NA ILHABELA

Caiçara Turismo

Paddle Club

Stand-Up Ilhabela

 

Texto e fotos: Daniel Aratangy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *