Loading...
água doce represa SP travessia

Opção de SUP Perto de São Paulo


Conhecendo a Suporte, na Represa Billings
Passeio de SUP na Represa Billings

Uma das coisas mais tristes de morar em São Paulo é que não dá pra remar a hora que quiser. Aqui não tem mar e os rios, como todos sabem, são poluídos demais. Tá certo que a raia da USP tá logo aí e, inclusive, já remei lá (veja aqui). Mas não é a mesma coisa remar numa raia e remar na natureza. Apesar de grande, a raia é apenas uma reta, parece uma piscina. E ainda tem o inconveniente de ficar próxima demais do Rio Pinheiros. Por mais que já tenham me provado que a água de lá é super limpa, que fazem testes periódicos e tal, não consigo realmente me convencer. Então o que resta aos paulistanos são as represas. Da minha casa, levo pelo menos uma hora pra chegar tanto na Atibainha, em Nazaré Paulista, quanto na Billings, em São Bernardo do Campo. Isso, num dia sem trânsito, claro.

Gramado da Suporte, que dá toda estrutura para remar em paz

Já tinha remado duas vezes na Reservatório Rio das Pedras, que fica no complexo da Billings e os relatos das travessias podem ser lidos aqui o primeiro e aqui o segundo. E recentemente recebi um convite do pessoal da Suporte para conhecer o espaço deles, que fica em outra parte da Represa Billings. Então, num domingo preguiçoso qualquer, chamei uma amiga e fomos visita-los.

Ao contrário das remadas que fiz no Reservatório Rio das Pedras, na Suporte tem toda uma estrutura. Além de um lugar para estacionar o carro, tem banheiros, aluguel de prancha para quem precisa e aulas para quem está começando ou quer dicas para melhorar a performance.

Logo na chegada percebemos que o vento estava bem forte. Minha amiga ficou insegura de subir no SUP assim e decidimos remar juntos na mesma prancha. O Denis, da Suporte, nos emprestou um remo de canoa havaiana que ajudou bastante. Enquanto eu remava em pé, atrás, ela remava sentada ou ajoelhada, na frente.

Remada tranquila na Represa Billings, saindo da Suporte

O visual ali é impressionante. Apesar de ter uma ou outra construção (sítios, basicamente), o que mais chama a atenção é a natureza mesmo. Tem uma área gigantesca só com floresta densa e saudável. Bonito de ver.

Remamos devagar, curtindo o passeio. Fizemos 4 km em 45 minutos e voltamos pra sentar no gramado de frente pra água. Enquanto comíamos o açaí preparado pela mãe do Denis, conversamos sobre a delícia que é ter um lugar como esse tão perto de São Paulo. No final, acho que temos sorte!

Mapa do passeio de SUP na Represa Billings, perto de São Paulo
DADOS DA TRAVESSIA DE SUP EM SÃO BERNARDO DO CAMPO

Distância = 4 km

Duração = 46 minutos

Cidade = São Bernardo do Campo, SP

ALUGUEL DE PRANCHA DE STAND UP NA REPRESA BILLINGS

Suporte

Texto e fotos: Daniel Aratangy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *